segunda-feira, 1 de maio de 2017

Novidades | Chiado Editora (Abril)

Sinopse: "Elena Cam sentia que não se encaixava em Angels, sempre se sentiu uma estranha até mesmo no seu próprio corpo. Até que foi salva por um desconhecido que mudou a sua vida por completo.
Apareceu-lhe tatuagens e poderes afectando a sua vida e a dos seus amigos, Bella e os gémeos, Landon e Justin.
Aquilo que começara por parecer algo estranho e ao mesmo tempo fantástico começou a ser ameaçado por uma figura desconhecida, que a perseguiria. Seria aquele que a salvara estaria pronto para a matar? Porque daria ao trabalho de a salvar para depois a perseguir?
Ao descobrir que era uma Nephilim, metade anjo metade humana, começa a desconfiar de Ethan Fallen que mudara-se para Angels no momento em que se transformara. Ethan era um ser misterioso e apesar de ela não confiar nele, sentia-se atraída por ele. Quando Elena descobre que faz parte de uma profecia antiga, ela tem que decidir se pode sacrificar a sua vida e a dos seus amigos para apanhar a pessoa que ameaçava a sua vida."


Sinopse: "O Homem que preferiu não sentir retrata o percurso existencial do jovem pintor Sebastião que, numa autoanálise constante, evoca as memórias do menino feito homem, dotado de um excesso de sensibilidade materializada em todas as particularidades da sua essência.
Inserido na categoria de romance existencial, O Homem que preferiu não sentir conduz-nos numa viagem ao interior de nós mesmos, onde não faltam o confronto com a inevitabilidade da morte, as reflexões sobre famílias que se desestruturam e reestruturam ou as dúvidas que questionam os dogmas religiosos. A arte e a sua finalidade, a reescrita irónica de páginas da História e sobretudo as vivências de uma geração qualificada, mas desajustada à mediocridade da sociedade que os sistemas políticos teimam em perpetuar, brotam em páginas vivas de verdadeira prosa poética. É a afirmação da individualidade contra a subserviência de quem segue estandartes com sebastianismos imorredouros e por isso nos exige uma redescoberta de nós mesmos."

Sem comentários:

Enviar um comentário