sábado, 20 de agosto de 2016

TAG | Mid-Year Book Freakout

Olá! Bem, esta é aquela típica tag a que respondemos a meio do ano, mas entretanto já vamos quase a chegar ao final de Agosto, mas ainda assim decidi responder à mesma, mas usei apenas como opções os livros lidos até meio do ano.
Não vou passar esta tag a ninguém, mas quem ainda não respondeu à mesma, sinta-me à vontade para fazê-lo e partilhem depois o link comigo nos comentários para ir dar uma espreitadela.
Creio que está é uma boa forma, senão a melhor, de podermos tirar alguns minutos para refletirmos um pouco sobre as nossas leituras, as boas e as menos boas.

1. Melhor livro que leste até agora em 2016.

Não consigo escolher apenas um livro como o melhor do ano até agora, por isso decidi eleger os dois livros a que dei 5 estrelas e que gostei realmente. O primeiro foi Lobo solitário que se revelou uma grande surpresa não só pelo tema um pouco polémico que aborda, como por toda a dimensão da história; a minha segunda escolha foi Confesso que acho que dispensa apresentações de tanto que já falei dele aqui e nas redes sociais do blog.

2. Melhor sequela que leste até agora em 2016.

No primeiro semestre do ano não peguei em tantas continuações de séries quanto gostaria, mas destaco positivamente o Vou amar-te para sempre que me permitiu regressar a duas personagens de que tanto gostei e vê-las ter finalmente o fim que mereciam, juntas.

3. Um livro publicado este ano que ainda não leste mas queres ler.

Como já é hábito para todos aqueles que gostam de livros, muitos são os livros que vão sendo publicados e vão diretamente para a nossa wishlist e que ficamos sempre com a esperança de ler um dia. De todos os que adicionei deste o início do ano à minha wishlist aquele que quero mesmo ler, de preferência ainda este ano, é o Illuminae que tem sido alvo de críticas muito positivas, não só devido à história como à própria edição do livro.

4. O livro que mais queres que seja publicado no segundo semestre do ano.

Confesso que não sei bem que livros vão ser lançados no segundo semestre do ano, mas recentemente tive conhecimento que em Outubro vai sair o quinto e último volume da série After e este é eventualmente um dos livros mais desejados por mim para o segundo semestre. Ando a adquirir aos poucos esta série que espero ainda vir a ler este ano, mas como tenho a sensação de que vou querer lê-los quase de seguida, é uma boa notícia que este último volume esteja quase a sair.

5. Maior desilusão.

Nestes primeiros seis meses do ano poucas foram as minhas desilusões: foram apenas três, mas dessas a pior foi mesmo Fangirl que eu contava mesmo gostar. No início até estava a conseguir gostar, mas a pouco mais de meio do livro a leitura arrastou-se demasiado e resolvi abandonar este livro. Nem sei se voltarei a ler algum livro desta autora que toda a gente gosta e elogia.

6. Maior surpresa do ano.

Das várias surpresas literários que tive o privilégio de ter, A bela e os lobos é aquela que faço questão de destacar aqui não só por ser de uma escritora nacional, mas também porque foi de facto uma grande surpresa. Apesar de algumas das lacunas que encontrei neste livro e enumerei na opinião do mesmo, acabei surpreendida porque dei por mim realmente envolvida na história e aquele final acabou comigo.

7. Novo autor preferido.

Jodi Picoult e Dorothy Koomson depressa passaram para o meu top de escritoras das quais quero ler mais obras e tendo elas já muitas publicadas em Portugal tenho de facto muito por onde começar.

8. Nova "crush"

Para esta pergunta tinha mesmo que escolher o Owen do livro Confesso porque ele é realmente um grande homem, em todos os sentidos e mostrou isso mesmo em grande parte das atitudes mostradas no ao longo do livro.

10. Nova personagem favorita.

De todas as personagens, tinha mesmo que escolher a Amber do livro Amor e chocolate porque revive-me tanto nela, nas atitudes, nos pensamentos, bem em tudo mesmo. Gostei bastante de várias personagens, mas na hora de escolher acabei por ter que escolher a Amber, também para variar um pouco nas escolhas dos livros.

11. Um livro que te fez feliz.

Eu já queria ler A seleção há tanto tempo que só pelo facto de o ter finalmente nas mãos já me deixou feliz. A história em si também me deixou muito feliz por ser uma história assim mais para o fofinha e como é óbvio fiquei a morrer por pegar na continuação.

12. Um livro que te fez chorar

Na verdade poucos são os livros capazes de me fazer chorar, mas dois dos livros que me deixaram com as lágrimas no canto dos olhos foram de facto o Lobo solitário e o Confesso. Por isso não foi por acaso que estes foram livros 5 estrelas para mim.

13. Adaptação de livro para filme preferida este ano.

Não tinha grande opção de escolha neste livro, uma vez que esta foi a única adaptação que li e vi a respetiva adaptação para o cinema foi A 5ª vaga e claramente gostei mais do livro do que do próprio filme que revelou ter umas quantas falhas.

14. Opinião que mais gostaste de escrever.

Para mim cada livro é uma experiência diferente e eu gosto de escrever qualquer opinião seja ela qual for, mas claro que prefiro sempre escrever as opiniões dos livros que me tocam de forma positiva.

15. Que livros precisas de ler até ao final do ano.

Para não cair na tentação de enumerar inúmeros livros que possivelmente nem estão na minha estante, decidi enumerar apenas 4 livros que estão na minha estante e que queria mesmo ver se conseguia ler até ao fim do ano. São os livros: After, Um, dó, li, tá, O império final e A cidade dos ossos. Sabem o que é que é mais curioso? Todos eles iniciam séries, como se eu não tivesse já demasiadas a meio.

Só por curiosidade, qual foi o vosso melhor e pior livro até agora?

1 comentário: