quinta-feira, 22 de junho de 2017

Resumo mensal (Filmes e séries) | Abril

Olá! Depois de partilhar com vocês as minhas leituras e aquisições ainda do mês de Abril, agora é a vez de partilhar os filmes e séries, ou no caso deste mês em específico, a única série que consegui seguir no decorrer do mesmo.
Vou tentar partilhar ainda durante o fim-de-semana que está quase quase a chegar o resumo mensal do mês de Maio para tentar deixar isto mais ou menos em dia.

Séries

Pretty Little Liars (Temporada 7 - 1º parte) - Tenho seguido esta série praticamente desde que ela saiu e já faz muito tempo desde que isso aconteceu. Esta série tem passado por muitos altos e baixos, o início foi interessante, mas creio que esta história se tem vindo a arrastar demasiado e é como se andássemos sempre às voltas na mesma diversão. 
Existiu até um momento em que senti necessidade de dar uma pausa nesta série, mas agora que ela está prestes a terminar decidi retornar à série para ver como é que isto termina. Esta sétima temporada tem tudo aquilo que as anteriores tiveram: mistério, romance, drama e suspense, mas a diferença é que as liars estão mais adultas, mais adultas e mais espertas. Mas talvez não o suficiente..
E vocês, que filmes e séries andaram a ver no mês de Abril?

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Novidades | Marcador (Junho)


Sinopse: "Numa noite devastadora, em Nova Iorque, Etta Spencer, uma violinista prodígio, perde tudo o que conhece e ama. Enganada por uma mulher estranha e misteriosa, Etta vê-se subitamente a viajar, não apenas milhares de quilómetros, mas centenas de anos, descobrindo assim um dom herdado de uma família que ela nem sequer conhecia.
Nicholas Carter, ex-escravo, está feliz com a sua vida no mar, a bordo de um navio pirata, após se livrar da poderosa família Ironwood, nas colónias inglesas da América do Norte. Mas, com a chegada de uma passageira invulgar ao seu navio, o passado volta a agarrá-lo e Nicholas vê-se de novo nas garras da família que o subjugou.
Os Passageiros do Tempo acompanha Etta, uma miúda nova-iorquina do século XXI, e Nicholas, um marinheiro negro do século XVIII, que embarcam numa viagem perigosa através dos séculos e de vários continentes, da Revolução Americana à Segunda Guerra Mundial, das Caraíbas a Paris, seguindo e interpretando pistas deixadas por um viajante do tempo que fez tudo para esconder dos poderosos Ironwood o objeto misterioso."


Sinopse: "O mesmo discurso foi feito centenas de vezes a centenas de lindas raparigas que entram na irmandade das sereias. Há anos que Kahlen segue as regras, esperando pacientemente pela vida que poderá considerar sua. Mas quando Akinli, um ser humano, entra no seu mundo, ela não consegue continuar a viver segundo as regras. De repente, a vida pela qual tem esperado não parece tão importante como a que está a viver agora."
«Se tens estado pacientemente à espera de algo num mundo não relacionado com A Seleção, aqui o tens! Deram-me a oportunidade de reescrever o meu primeiro livro, A Sereia. Este conta a história de Kahlen, uma sereia, enquanto vive com as suas irmãs ao serviço de Oceano, afundando navios com o seu canto e mantendo em segredo o seu dom mortífero. Kahlen vai gerindo as coisas o melhor que se pode esperar de uma rapariga que está proibida de falar, cantar e rir, até conhecer Akinli, um rapaz ligado a Oceano à sua maneira. E então, a vida que ela poderia ter agora, ainda que breve e cheia de segredos, parece valer o risco, mesmo que isso signifique desistir do futuro para o qual tem trabalhado.» KIERA CASS 

Sinopse: "Caracas é uma cidade a ferro e fogo. A vida de Martingo e Divone também. O sequestro e a morte da filha, Íris, na selva colombiana, constituem um drama que os precipita num labirinto de dor. Martingo é mais duro de sentimentos, reage melhor à perda da filha, Divone vive enclausurada num estado de negação: para ela, a filha está apenas ausente e vai regressar um dia. Toda a sua vida comum acaba por desabar: os negócios, a família, a vida conjugal. 

Decidem abandonar Caracas e regressar à terra de Martingo, uma aldeia perdida no interior de Portugal, Campo de Víboras - lugar mágico por comportar as memórias de infância e por ser um sítio estranho, onde se passam coisas raras.
Demasiado Mar para Tantas Dúvidas é um romance sobre a dor, a perda, a erosão do amor e a sua tentativa de salvação. Um olhar flamejante sobre a quantidade e a qualidade da vida, do amor e da felicidade."

Sinopse: "Assente na filosofia e na terapia oriental, esta obra oferece princípios teóricos e práticos testados ao longo de milhares de anos, que permitem ser adaptados à sua condição atual e que servem de ponto de partida para uma viagem que, uma vez iniciada, se transforma num caminho e numa forma de estar sem esforço.

Hábitos de vida, alimentação, remédios caseiros e práticas de movimento terapêutico baseados nos hábitos de saúde e longevidade orientais permitem-lhe construir, segundo o seu tempo espaço e recursos, um alinhamento saudável do seu corpo, respiração e emoções.
Regenerar - Manual de Bem-estar para Viver de Acordo com as Estações do Ano permite-lhe compreender que mais importante do que saber para onde quer ir é saber avaliar onde se encontra neste momento e que, pelo alinhamento com as estações do ano, é possível despertar este potencial."

Sinopse: "Todas as manhãs, Zoe Walker faz o mesmo caminho para a estação de metro, espera no mesmo lugar da plataforma e escolhe o seu assento preferido na carruagem, sem nunca suspeitar que alguém a observa. 
Durante uma dessas viagens, certo fim de tarde, enquanto lê o jornal local, Zoe vê a sua cara num dos anúncios: uma foto de má qualidade, um número de telefone e a morada de um website: FindTheOne.com (Encontra-a.com).
Nos dias seguintes, as fotografias de outras mulheres começam a aparecer no mesmo anúncio, e Zoe percebe que foram vítimas de crimes extremamente violentos, incluindo homicídio. 
Com a ajuda de uma polícia determinada, Zoe procura saber o que está por trás daquele anúncio perverso, uma descoberta que vai transformar a sua paranoia em pânico total. Alguém anda a seguir todos os seus passos. E Zoe tem a certeza de que alguém próximo de si a escolheu como próximo alvo."

Sinopse: "O pânico começou no início de 1692, durante um inverno rigoroso como nenhum outro, em Massachusetts, quando a sobrinha de um pastor religioso começou subitamente a contorcer-se e a gritar. A notícia espalhou-se rapidamente, deixando confusos até os homens mais esclarecidos e os políticos proeminentes da então colónia inglesa.
Começaram as acusações perniciosas, entre vizinhos, maridos e mulheres, pais e filhos. Tudo acabaria apenas um ano mais tarde, mas a histeria resultara já no enforcamento de 19 homens e mulheres.
Os julgamentos de Salem são um dos momentos em que as mulheres tiveram um papel central na história norte-americana.
Com uma clareza devastadora, Schiff mostra-nos as tensões da vida colonial sob o puritanismo e obscurantismo religioso e dos inimigos invisíveis e inventados. As Bruxas é a história, verídica e fascinante, de um mistério primordial da história americana, aqui revelado com uma extraordinária atenção ao detalhe e a prosa empolgante de uma historiadora bestseller, vencedora do Prémio Pulitzer e aclamada pelo público."

Novidades | Saída de emergência (Junho)


Sinopse: "Quando o vilão Lorde Ballister Coração Negro conhece uma rapariga misteriosa de nome Nimona, ambos são impelidos a uma parceria criminosa com o objetivo de lançar o caos no reino. Assumem como missão provar perante todos que Sir Ambrosius Virilha Dourada e os seus comparsas no Instituto Para a Aplicação da Lei & Heroísmo não são tão heroicos e nobres como todos julgam.
Vão ocorrer imensas EXPLOSÕES.
E CIÊNCIA E TUBARÕES também não vão faltar.
Mas quando simples atos traquinas se transformam numa batalha sem quartel, Lorde Coração Negro descobre que os poderes de Nimona são tão misteriosos quanto o seu passado. E o seu lado selvagem poderá ser muito mais perigoso do que ele próprio está disposto a admitir…
NÉMESIS!
DRAGÕES!
CIÊNCIA!
VENHA CONHECER NIMONA!"


Sinopse: "Em Anarres, um planeta conhecido pelas extensas áreas desérticas e habitado por uma comunidade proletária, vive Shevek, um físico brilhante que acaba de fazer uma descoberta científica que vai revolucionar a civilização interplanetária. No entanto, Shevek cedo se apercebe do ódio e desconfiança que isolam o seu povo do resto do universo, em especial, do planeta gémeo, Urras.Em Urras, um planeta de recursos abundantes, impera um sistema capitalista que atrai Shevek, decidido a encontrar mais liberdade e tolerância. Mas a sua inocência começa a desaparecer perante a realidade amarga de estar a ser usado como peão num jogo político letal.
Que esperança e idealismo restam a Shevek, aprisionado entre dois mundos incapazes de ultrapassar as diferenças? E ao desafiar ambos os regimes políticos, conseguirá ele abrir caminho para os ventos da mudança?"

sábado, 17 de junho de 2017

Resumo mensal (Leituras e aquisições) | Abril

Olá! As minhas leituras não andam a correr particularmente bem. Andam a passo de caracol: devagar, devagarinho e tenho dias em que estou tão cansada que nem me apetece sequer ler, mas o espírito mantêm-se e o mais importante continua a ser ler, independentemente do quê e da quantidade.

Leituras

Lembras-te de mim? (3 ) foi a primeira leitura do mês e já vinha de alguns meses porque este é um livro que até é grandinho, diga-se de passagem. Foi uma pequena desilusão, já tinha lido tanta opinião positiva sobre esta autora que decidi enveredar por este recente lançamento dela, gostando à primeira vista bastante da capa. O livro teve um início, meio e fim demasiado arrastados, palha a mais, sabem. O livro seria muito melhor se tivesse metade do tamanho que tem porque a história até é bem bonita e podia ter sido mais bem aproveitada. Muito sinceramente não fiquei com grande vontade de voltar a ler algo da autora.
Na sombra do dragão (5 ) que foi tudo aquilo que eu esperava e queria, com direito a final feliz e tudo. Este romance foi de facto muito bonito!
Tens coragem? (2 ) também já estava a ser arrastado há demasiado tempo e acabei por perder o interesse nele. A escrita da autora foi um ponto agridoce para mim: se por um lado gostei da forma dura e crua como ela descrevia algumas coisas, por outro achei que a sua escrita tem alguma coisa de peculiar, mas a maior falha foi mesmo as personagens: vazias e em momento algum consegui identificar-me ou gostar de alguma delas.

Leituras (em andamento)

Na sombra do pecado porque esta série está mesmo a ser maravilhosa. Este é o terceiro volume e conta a história de um dos irmãos que mais despertou o meu interesse: Zsadist. 
Flores Silvestres foi outro livro começado este mês e que vou tentar terminar entretanto.

Aquisições

 
Em relação às minhas aquisições do mês, fiz duas em formato ebook: Na sombra do dragão e Na sombra do pecado. Uma vez que acho os livros físicos demasiado caros nem ponderei muito no assunto e decidi investir nesta série mas em formato digital que me ia ficar bem mais barato. Depois comprei uma novidade literária do mês: Se eu fosse tua. Por fim, nas típicas promoções da note, comprei por um preço quase simbólico o livro I love marmita e por metade do preço o livro A todos os rapazes que amei.

 Recebidos

Depois recebi da 4 estações editora O livro dos chacras que foi uma novidade do mês de Abril e que depois até teve em passatempo aqui no blog.

Como é que correu o mês de Abril desse lado? 

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Devaneios | Quando o blog sofre as consequências da nossa vida pessoal

Já há algum tempo que ando para escrever um testamento aqui no blogue ou quase. Foram imensas as vezes em que o comecei e não o cheguei a terminar, mas decidi que desta vez iria ter que escrevê-lo do início ao fim porque já faz um tempo que sinto que estou em falta com vocês, com o blogue.
Quando dei início ao blog estava numa fase boa da minha vida, a terminar a escola, a estagiar e depois de não conseguir entrar na única licenciatura que queria, enveredei no mercado do trabalho e a vida adulta começou. Começou mesmo. Entretanto surgiu oportunidade de passar de um trabalho a part-time para um a tempo inteiro, mas muito mais exaustivo, é basicamente um trabalho de Terça a Domingo o que significa que fins-de-semana nem vê-los e o facto de a folga ser só uma só faz com o que o cansaço se acumule. A rotação de turnos semanalmente facilita as coisas, mas a verdade é que no pouco tempo que acabo por ter livre aproveito para descansar ou simplesmente relaxar, o que umas vezes implica pegar num livro, mas noutras não. No meio disto tudo existe aquela vontade de atualizar o blog, mas isso acaba por ser uma coisa que é constantemente adiada devido à minha falta de vontade de estar em frente ao computador e creio que isso tornou-se óbvio pela escassez de posts que tem havido por estes lados.
Bem, deixando de divagar pela minha vida pessoal, o que quero realmente dizer-vos é que iniciei este projeto com o intuito de partilhar as minhas opiniões sobre livros, filmes, séries e tudo o que esteja relacionado com isso, assim como ter oportunidade de comunicar com pessoas pelo mesmo gosto que eu: ler. Desde o início que isto é puro entretenimento e para mim não faz sentido que seja de outra maneira, por isso quando comecei a fazer uma grande pressão sobre mim mesma para postar e ler, ler e ler para ter conteúdo para o blog, mesmo quando me apetecia fazer qualquer outra coisa, decidi dar uma pausa e é isso que tenho vindo a fazer gradualmente. 
Este projeto é a coisa mais bonita que eu já tive oportunidade de criar porque é meu, é o meu bebé, que tenho visto crescer aos poucos, tenho conseguido estabelecer algumas parcerias, tenho tido oportunidade e a sorte de ler excelentes livros e de seguir blogues igualmente maravilhosos.
Isto tudo para dizer que vou voltar. Sei que tenho falhado com uma enormidade de pessoas: com quem segue o blog, com as editoras parceiras porque algumas vezes demoro a ler e publicar as respectivas opiniões dos livros que me são enviados, com as divulgações de novidades e até mesmo com todos os blogues que sigo que nem isso tenho conseguido fazer.
Concluindo, estou a tentar meter as coisas em ordem, a minha própria cabeça em ordem, para em breve voltar com o ritmo que eu queria. O ideal para mim seriam três posts por semana, vamos lá ver se isso se torna possível. Isso implica tirar muitas fotografias para meter as coisas em dia. escrever umas quantas opiniões que tenho em atraso e meter algumas ideias que tenho tido em prática.
E é isto. Organização será a palavra chave e estou a torcer para que tudo dê certo. Se depois desta instabilidade no blog ainda existe quem o segue é uma incógnita para mim, mas vou continuar a investir o meu tempo nele, pelo menos enquanto isso fizer sentido para mim e na minha vida.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Feira do Livro Lisboa | Agenda Marcador (01/06)

Hoje, dia 01 de Junho:
Célia Loureiro, pelas 18h

Carla M. Soares, pelas 19h

Feira do Livro Lisboa | 4 estações editora/O castor de papel

Olá! Hoje venho partilhar com vocês os muitos dos livros que poderão encontrar em promoção na Feira do Livro de Lisboa. A 4 estações editora e, o seu selo editorial O castor de papel, vão estar presentes no Stand A32.