domingo, 9 de julho de 2017

Opinião | Isto acaba aqui - Colleen Hoover

Olá! Para quem já segue o blog há algum tempo sabe bem a estima que tenho por esta autora, por isso assim que saiu este novo trabalho dela cá em Portugal, decidi comprá-lo e começar a lê-lo. 
Este livro é, possivelmente, um dos melhores que tive oportunidade de ler este ano e talvez um dos mais inspiradores mas dolorosos de terminar em toda a minha vida. Embora tenha adorado cada página, foi um grande aperto no coração que o terminei e fiquei a pensar nele ainda durante uns dias.

Título: Isto acaba aqui
Autora: Colleen Hoover
Editora: Topseller
Edição/reimpressão: 2017
ISBN: 9789898800985
Páginas: 336
Sinopse: "O que te resta quando o homem dos teus sonhos te magoa? 
Lily tem 25 anos. Acaba de se mudar para Boston, pronta para começar uma nova vida e encontrar finalmente a felicidade. No terraço de um edifício, onde se refugia para pensar, conhece o homem dos seus sonhos: Ryle. Um neurocirurgião. Bonito. Inteligente. Perfeito. Todas as peças começam a encaixar-se.
Mas Ryle tem um segredo. Um passado que não conta a ninguém, nem mesmo a Lily. Existe dentro dele um turbilhão que faz Lily recordar-se do seu pai e das coisas que este fazia à sua mãe, mascaradas de amor, e sucedidas por pedidos de desculpa.
Será Lily capaz de perceber os sinais antes que seja demasiado tarde? 
Terá força para interromper o ciclo?"


Sinopse: Foi com grande curiosidade que corri para a livraria mais próxima para adquirir o mais recente trabalho de Collen Hoover: Isto acaba aqui. As opiniões sobre este livro são, na sua generalidade, muito positivas e a maioria afirma que este é o melhor trabalho da autora até então. Não posso dizer que discordo totalmente disso, mas para mim cada livro dela me tem marcado de maneiras diferentes mas muito bonitas, por isso é difícil nomear apenas um deles como o melhor. Mas uma coisa é certa, a mensagem deste livro é maior e mais importante do que qualquer um dos seus trabalhos anteriores. Isso é ponto mais do que assente. Este livro é inspirador em todos os pontos e um verdadeiro exemplo para muitas mulheres.
     Este livro conta-nos a história de Lily, uma jovem de 23 anos, que certa noite conhece de forma um tanto inesperada Riley, um neurocirurgião dedicado. Os dois conhecem-se quando ambos decidem refugiar-se no telhado de um prédio num momento de sofrimento, embora sejam dois modos de sofrer bem distintos.
    Desde logo que Riley desperta em Lily um certo interesse devido a toda a arrogância que este emana e vice-versa. Mas as coisas entre os dois ocorrem todas de forma muito banal e aleatória e só passado um ano é que os dois se voltam a reencontrar, embora de forma igualmente natural. Aconteceu porque tinha que efetivamente acontecer e essa mesma a ideia que eu sinto que a autora nos quer passar na maior parte das vezes: tudo acontece por uma razão. Senti muitas vezes aquele feeling de que eram coisas derivadas do destino e que nada acontece por acaso.
     Finalmente, após um ano do falecimento do pai de Lily, ela sente-se pronta a dar o grande passo e a dar finalmente vida ao seu sonho desde muito pequena: abrir uma florista, mas com um conceito ligeiramente diferente daquilo que é habitual, mas que acaba por revelar-se um sucesso. Tudo na vida de Lily se está a compor até mesmo a sua vida amorosa, porque depois de reencontrar Riley os dois acabam por vir a conhecer-se melhor e talvez o futuro lhes reserve algumas surpresas.
     Embora Riley seja um pouco contra relacionamentos que para ele são como uma prisão porque requerem algum compromisso e dedicação da sua parte, as coisas acabam por acontecer e ele e Lily acabam por se ver apaixonados um pelo o outro e o mar de rosas começa. Lily é tudo o que o Riley precisava na sua vida, respeita-o, dá-lhe o espaço que precisa e não lhe exige nada porque sabe perfeitamente o tempo e dedicação que o trabalho exige dele.
      Tudo corre bem, até que chega a verdadeira prova e os dois ficam realmente a conhecer o melhor e o pior um do outro e o teste de ferro entre os dois começa. Um verdadeiro desafio sobre aquilo que cada um representa na vida um do outro e até onde estão dispostos a ir, dado os sentimentos que os dois nutrem um pelo outro.
      Os capítulos deste livro estão divididos entre o presente e o passado em que vamos viajando pelas entradas do diário da Lily e ficamos a conhecer um pouco melhor o seu primeiro amor: Atlas que a certa altura também tem um papel fundamental no presente. Atlas é só um dos personagens mais fofinhos e fiquei mega feliz quando descobri que a vida acabou por sorrir-lhe no presente e ele acabou por conseguir alcançar tudo aquilo que merecia e desejava: uma vida melhor.
      O tema principal que é abordado neste livro é bastante pertinente e atual e, a mensagem que nos foi passada ao longo do livro é maravilhosa e penso que é isso que torna este livro um dos melhores trabalhos da autora para muita gente. Ela não nos mostrou a saída mais fácil que é acomodarmo-nos ao que está a acontecer, mas sim a mais difícil que é muitas vezes dizer não ao que está a acontecer, ao nosso coração.
     Sem querer dar spoilers, se bem que acho que a própria sinopse do livro já tem um dos grandes, só posso dizer que este livro está recomendadíssimo para quem já teve oportunidade de ler algo da autora e gostou, não se vão arrepender, garanto-vos!

"Os ciclos existem porque é extremamente doloroso quebrá-los. É necessária uma quantidade astronómica de dor e de coragem quebrar um padrão que nos é familiar. Por vezes, parece mais fácil continuar a funcionar de acordo com os mesmos ciclos que já são familiares, ao invés de enfrentar o medo de dar  salto e de possivelmente não aterrar de pé."
Pág: 320

Classificação: 

Playlist:


Sem comentários:

Enviar um comentário